A negra que não está na capa de revista: debates sobre raça e gênero

Autores

  • Gabrielle Vivian Bittelbrun Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7917.2016v21n1p170

Resumo

As capas das revistas femininas são conhecidas por destacar personalidades que sejam referenciais de beleza, ícones de estilo de vida e reconhecidas pelo grande público. Mas, no que se refere à aparência, nota-se a seleção quase absoluta de personagens brancas, o que pode servir como pano de fundo para se analisar a temática racial no Brasil. Afinal, enquanto contribuem para a manutenção do corpo branco em um lugar privilegiado, revistas consolidadas no mercado editorial brasileiro, como é o caso dos títulos Claudia e TPM, não deixam de reforçar a invisibilização das negras. Nesse espaço, pretende-se discutir tais questões, admitindo-se ainda que são resultado de um processo histórico, remetendo à ideologia de branqueamento, ao mesmo tempo em que escondendo discriminações por baixo da problemática máxima de “democracia racial”. Faz-se indispensável também debater como o quesito “raça” se delineou no contexto brasileiro e levantar possibilidades de subversão a partir do uso político do termo, defendido por Guimarães (2002) e Schwarcz (2012).

Biografia do Autor

Gabrielle Vivian Bittelbrun, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), da linha Teorias Feministas e Estudos de Gênero. Mestre em Jornalismo também pela UFSC (2011) e graduada em Comunicação Social, com Habilitação em Jornalismo pela Universidade Estadual Paulista, Unesp (2008), tem experiência como repórter, editora, assessora de comunicação. Pesquisa as áreas de feminismo, raça, gênero, corpo e revistas voltadas para mulheres. Integra o Grupo de Pesquisa Núcleo de Literatura Brasileira Atual – Literatual – Estudos Feministas e Pós-Coloniais de Narrativas da Contemporaneidade.

Downloads

Publicado

2016-06-30

Como Citar

BITTELBRUN, Gabrielle Vivian. A negra que não está na capa de revista: debates sobre raça e gênero. Anuário de Literatura, [S. l.], v. 21, n. 1, p. 170–187, 2016. DOI: 10.5007/2175-7917.2016v21n1p170. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/view/2175-7917.2016v21n1p170. Acesso em: 3 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos