Ecos do preconceito na literatura: amor e sexualidade nos romances O guarani, de José de Alencar, e The virgin and the gipsy, de D.H. Lawrence

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7917.2023.e89465

Palavras-chave:

Literatura e História, Ficção e realidade, Preconceito, amor e sexualidade, O Guarani, de José de Alencar, The Virgin and the Gipsy, de D.H. Lawrence

Resumo

Este artigo discute as relações entre Literatura e História, procurando verificar as implicações entre o mundo de formas existente nos romances e o mundo do passado, com o objetivo de contribuir para o conhecimento da sensibilidade ocidental sobre o amor e a sexualidade, bem como sobre preconceitos raciais e de classe nos cenários do Brasil Monárquico e da Inglaterra da primeira metade do século XX. A metodologia reúne conceitos de Veyne, Bann, Frye, Bosi, entre outros, sobre a utilização do material literário pela História e desta pela Literatura, tomando, por continente empírico, O Guarani, de José de Alencar, e The Virgin and the Gipsy, de D.H. Lawrence. Os resultados obtidos demonstram que a personalidade dos autores influenciou as ficções por eles criadas, nas circunstâncias e limites históricos das épocas em que viveram.

Biografia do Autor

Alzira Lobo de Arruda Campos, Universidade Santo Amaro

Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1962), mestrado em História Social pela Universidade de São Paulo (1978), doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (1986) e livre-docência em Metodologia da História, pela Unesp (1998). Professora titular do Programa de Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas da UNISA – Universidade Santo Amaro.

Manoel Francisco Guaranha, Faculdade de Tecnologia de São Paulo

Doutor em Letras (Literatura Portuguesa) pela USP – Universidade de São Paulo (2003); Mestre em Letras pela USP – Universidade de São Paulo (1997); graduado em Letras pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Tibiriçá (1990). Atualmente, é professor da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (FATEC) unidades Santo André e Ipiranga.

Patrícia Margarida Farias Coelho, Universidade Santo Amaro; Universidade Metodista de São Paulo

Possui graduação em Letras (Português/Inglês) (1995) e em Pedagogia (2016). Mestra em Letras pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2007) e Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2010). Professora titular do Programa de Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas da UNISA – Universidade Santo Amaro.

Referências

ALENCAR, José Martiniano de. O Guarani. Porto Alegre: L&PM, 1998.

BANN, Stephen. As invenções da história: ensaios sobre a representação do passado. Trad. de Flávia Villas-Boas. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1994.

BOSI, Alfredo. A Dialética da colonização. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix, 1997.

CANDIDO, Antonio. Formação da literatura brasileira: momentos decisivos. Belo Horizonte: Itatiaia, 1981.

DE MATOS, José Veríssimo Dias. História da Literatura Brasileira. Rio de Janeiro: Ministério da Cultura, Fundação Biblioteca Nacional, Departamento Nacional do Livro, 1915.

FARIA, Maria Tereza. Alencar: surpreendende não por ser exótico. In: ALENCAR, José Martiniano de. O Guarani. Porto Alegre: L&PM, 1998, p. 1-5.

FRYE, Norfthrop. Anatomia da crítica. Quatro ensaios. Trad. de Marcus de Martini; prefácio à edição brasileira João Cezar de Castro Rocha; prefácio à edição canadense Robert D. Denham. São Paulo: É Realizações, 2014.

HOLANDA, Sergio Buarque de. O Brasil Monárquico, Reações e Transações. São Paulo/Rio de Janeiro: Difel, 1976. v. 3. t. 2.

HUIZINGA, Johan. El concepto de la historia. México: Fondo de Cultura Económica, 1992.

LAWRENCE, D. H. The Virgin and the Gipsy. A Project Gutenberg of Australia eBook, 1930. Disponível em: http://gutenberg.net.au/ebooks03/0301101h.html. Acesso em: 19 jan. 2023.

MOONEN, Frans. Anticiganismo: os ciganos na Europa e no Brasil. 3. ed. digital, revista e atualizada. Recife, 2011.

MOSCOVICI, Serge. Os ciganos entre perseguição e emancipação. Sociedade e Estado, Brasília, v. 24, n. 3, p. 653-678, set./dez. 2009.

MURAKAMI, Haruki. Kafka à beira-mar. Trad. de Leiko Gotoda. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.

ROBIN, Regine. Histoire et Linguistique. Paris: Librairie Armand Colin, 1973.

ROBSON, William Wallace. D. H. Lawrence. Encyclopaedia Britannica, v. 10, 1980.

VEYNE, Paul. Comment on ecrit l’histoire: essai d’épistémologie. Paris: Éditions du Seuil, 1971.

Downloads

Publicado

2023-03-13

Como Citar

CAMPOS, Alzira Lobo de Arruda; GUARANHA, Manoel Francisco; COELHO, Patrícia Margarida Farias. Ecos do preconceito na literatura: amor e sexualidade nos romances O guarani, de José de Alencar, e The virgin and the gipsy, de D.H. Lawrence. Anuário de Literatura, [S. l.], v. 28, p. 01–19, 2023. DOI: 10.5007/2175-7917.2023.e89465. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/view/89465. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos