O periodismo responde

Simone Regina Dias

Resumo


Ao tomar a reflexão de Raymond Williams a propósito das produções formativas, verifica-se que as formações não se identificam totalmente com as instituições formais2, ou seus significados e valores formais, mas se relacionam com estruturas sociais reais. Quer dizer, ainda que não sejam a expressão pura e simples das instituições, as formações apresentam traços dominantes do pensamento de certos grupos de professores, representantes das entidades reguladas, no caso, das universidades. Desta assertiva, chega-se também a outra averiguação: grande parte dos textos publicados nos periódicos, lidos aqui como formações, são resultados de pesquisas que professores e alunos vêm desenvolvendo em suas respectivas áreas de atuação, contribuindo para o caráter vinculativo das formações e instituições. A partir da leitura das revistas e do vasto material que circula nessas formações, detenho-me aqui, para um breve exame sobre a abordagem da poesia nos seguintes periódicos: José e Almanaque nos anos 70, Tempo Brasileiro e 34 Letras nos 80.

Palavras-chave


Periódicos; Periodismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais



Boletim de Pesquisa NELIC, ISSNe 1984-784X, Florianópolis, SC, Brasil.

 

CC-by-NC icon