Ana C. e Caio F. - o encontro dos corpos e das escrituras

Autores

  • Luiza Possebon Ribas Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-784X.2010nesp3p139

Palavras-chave:

Ana Cristina Cesar, Caio Fernando Abreu, Corpo, Escritura

Resumo

Escritores contemporâneos navegantes de dois rios: Ana Cristina Cesar, do Rio de Janeiro e Caio Fernando Abreu, do Rio Grande do Sul. Por afluentes de similar correnteza estético-literária encontram-se os dois barcos num fluxo paralelo que configuraria a produção literária das décadas de 70-90. E nessas águas é que se apresenta o espaço deste trabalho: a compreensão de contato, de uma política de afecção, deste jogo duplo de escritura, onde o outro não é puramente um estranho, mas também é familiar. Marinheiros (não de primeira viagem) de uma escritura densa, senhores de si e tão joviais na crista da onda, ambos elaboraram, sobretudo, um projeto que foi a busca de um eu. De um eu perdido, embora não-inocente.

Biografia do Autor

Luiza Possebon Ribas, Universidade Federal de Santa Catarina

Downloads

Publicado

2010-01-01