Resistência e crítica: revistas culturais brasileiras nos tempos da ditadura

Maria Lucia de Barros Camargo

Resumo


A resistência tem sido uma das principais chaves explicativas para se tratar da literatura e da cultura no Brasil durante a ditadura militar. Nesse período, a palavra “resistir” tem seu sentido potencializado, inclusive pelas metáforas bélicas que transformam editores em partisans, livrarias e revistas em trincheiras, ou poemas em armas, incorporando aos atos culturais plus de sentidos, imersão na historicidade e formas de validação. Resistir culturalmente constituía ato único e legítimo a ser empreendido pela intelectualidade brasileira “progressista” diante do inimigo comum, o regime militar.


Palavras-chave


Revistas Culturais; Resistência; Crítica; Literatura

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-784X.2010v10n15p05

Direitos autorais



Boletim de Pesquisa NELIC, ISSNe 1984-784X, Florianópolis, SC, Brasil.

 

CC-by-NC icon