Regresso à ilha com João de Melo

Autores

  • Annabela de Carvalho Rita CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias); Universidade de Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-784X.2013v13n20p97

Palavras-chave:

Literatura, Identidade nacional, João de Melo, Representação

Resumo

Neste texto, analisa-se o modo como o romance de João de Melo, Gente Feliz com Lágrimas (1988), se inscreve numa tradição de escrita identitária em que o percurso individual simboliza o colec­tivo.

Biografia do Autor

Annabela de Carvalho Rita, CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias); Universidade de Lisboa

Doutorada e Agregada em Literatura, é professora da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Integrou a MRPB - Missão para o Relatório sobre o Processo de Bolonha (2003-04) e foi Conselheira para a Igualdade de Oportunidades do MCTES. Presidente das Direcções do CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias) [2002-12], da APT - Associação Portuguesa de Tradutores [2007-13] e do Conselho Consultivo da CompaRes-International Society for Iberian-Slavonic Studies [2013], Administradora do OLP (Observatório da Língua Portuguesa) [2008 ss.], integrou a Direcção do CNT (Conselho Nacional da Tradução) [2011], os Conselhos Consultivos da Fundação Marquês de Pombal, do ICEA (Instituto de Cultura Europeia e Atlântica), a Mesa da Assembleia Geral da APE (Associação Portuguesa de Escritores), é Coordenadora do CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias),de um projecto do CECLU (Centro de Estudos de Culturas Lusófonas da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da UNL), etc.. Além da frequente participação em júris de prémios literários nacionais e internacionais (de: PEN Clube Português, APT, APE, IPLB, LER/BCP, Aristeion, etc.), fez a edição prefaciada de autores nacionais consagrados e tem vasta produção ensaística.

Downloads

Publicado

2013-12-16