Exumando rosas, procurando (por) símbolos: a revista Rosa Cruz (1901 e 1904)

Fernando Floriani Petry

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1984-784X.2016v16n26p25

Este artigo, decorrente das reflexões iniciadas durante o mestrado em literatura realizado no Núcleo de Estudos Literários e Culturais da Universidade Federal de Santa Catarina / NELIC – UFSC, apresenta algumas das diferentes leituras possíveis para a revista simbolista Rosa-Cruz, publicada nos anos de 1901 e 1904 no Rio de Janeiro. Bastante desconhecida na historiografia literária brasileira, tem-se até hoje uma única chave de leitura da revista: um veículo de homenagem à Cruz e Sousa. A proposta deste artigo é discorrer sobre outros possíveis modos de se ler a revista, partindo de uma análise do seu título e dos diferentes grupos de autores que por ela circularam.


Palavras-chave


Revista Rosa-Cruz; Homenagem; Vida literária

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1984-784X.2016v16n26p25

Direitos autorais 2016 Boletim de Pesquisa NELIC



Boletim de Pesquisa NELIC, ISSNe 1984-784X, Florianópolis, SC, Brasil.

 

CC-by-NC icon