Drummond e a "Iniciação literária"

George Luiz França

Resumo


Drummond, no poema "Iniciação literária" de seu "Boitempo II", encampa a imagem da navegação e rememora a leitura como desejo da partida, movimento que transparece em várias evocações da biblioteca de infância. As políticas de ensino de literatura, em especial no Ensino Médio, são pensadas ainda e sempre a partir de diretrizes historiográficas que preconizam a história da literatura nacional à experiência do texto literário. Quem é o Drummond-escola? Que Drummond os livros didáticos, herdeiros das antologias, arquivam para o repertório de um estudante de Ensino Médio? Que leitura é feita dessa antologia de Drummond, dado que, além de selecionar, os livros hoje escolhem modos de ler, leituras válidas e validadas? Este texto aborda a seleção de leituras do poeta realizada por obras selecionadas pelo PNLD 2017 para uso nos próximos três anos nas escolas públicas brasileiras, problematizando a cristalização da imagem do "poeta nacional".


Palavras-chave


Carlos Drummond de Andrade; Ensino de literatura; Livro didático

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-784X.2017v17n28p15

Direitos autorais 2018 George Luiz França

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Boletim de Pesquisa NELIC, ISSNe 1984-784X, Florianópolis, SC, Brasil.

 

CC-by-NC icon