Olhar, lugar, vazio: o teatro crítico de Raúl Antelo

Paula Glenadel

Resumo


O artigo propõe um breve comentário sobre a obra crítica do professor e pesquisador Raúl Antelo, que é aqui apresentada em termos de um singular teatro crítico, para o qual as categorias de olhar, de lugar e de vazio têm importância fundamental. Através de algumas referências a essa obra, contidas em textos publicados entre os anos 2000 e 2014, bem como também a suas principais fontes de inspiração teórica, estudar-se-á a maneira como, nela, a complexa articulação entre experiência e experimentação promove uma renovação dos lugares do sujeito e do objeto, polos tradicionais do exercício do conhecimento.


Palavras-chave


Crítica; Teatralidade; Conhecimento

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-784X.2018v18n29p104

Direitos autorais 2018 Paula Glenadel

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Boletim de Pesquisa NELIC, ISSNe 1984-784X, Florianópolis, SC, Brasil.

 

CC-by-NC icon