O encontro, ou as imagens saem da boca

Júlia Vasconcelos Studart

Resumo


Esse texto é uma breve leitura crítica do pensamento de Raul Antelo, principalmente a partir do seu pequeno livro Tempos de Babel: destruição e anacronismo, publicado em 2017. Um gesto sempre em direção ao político, ou seja, ao não-aparentado. Ou seja, a tentativa de recompor uma leitura da teoria da destruição (Benjamin) para destruir a destruição, num pensamento que vem com e da história da arte provocando encontros com o meridiano: uma política do tempo.


Palavras-chave


Política; Tempo; Leitura crítica; Destruição

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-784X.2018v18n29p63

Direitos autorais 2018 Júlia Vasconcelos Studart

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Boletim de Pesquisa NELIC, ISSNe 1984-784X, Florianópolis, SC, Brasil.

 

CC-by-NC icon