Arquipélagos Revistos

Cristiano Moreira

Resumo


Este texto tem como objetivo investigar de que forma as revistas de poesia constituem arquivos e qual sua relação com o tempo, com a história e historiografia. De que forma estas revistas, e aqui prioritariamente trabalharemos com a revista Oroboro editada em Curitiba, elaboram suas escolhas, que estéticas priorizam e quais rotas poderemos traçar nesta cartografia, para uma navegação entre arquipélagos que são estas texturas. Como as revistas possuem muito material, transitaremos, como diz Deleuze, por algumas 'tocas' a serem reveladas no decorrer do trabalho. Tocas estas que figuram como linhas e fronteiras criadas não só nas revistas, mas antes nas próprias cidades. Inevitavelmente esta mudança topológica afeta o movimento das artes pois a mudança é produto da velocidade do mundo moderno.

 


Palavras-chave


Periódicos; Oroboro; Literatura

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-784x.2008v8n12p3

Direitos autorais



Boletim de Pesquisa NELIC, ISSNe 1984-784X, Florianópolis, SC, Brasil.

 

CC-by-NC icon