Pesquisa sobre Mudança nas Organizações: a Produção Brasileira em Micro Comportamento Organizacional

Jairo Eduardo Borges-Andrade, Maíra Gabriela Santos de Souza, Lísian Camila Vasconcelos

Resumo


O presente trabalho analisa a pesquisa brasileira sobre mudanças nas organizações, no âmbito do micro comportamento organizacional. O período investigado foi de 1996 a 2007. O foco dessas pesquisas foi em percepções e crenças dos membros das organizações sobre essas mudanças e nas conseqüências das mesmas para esses membros. Os artigos incluídos na análise necessitavam ser baseados em coletas de dados feitas no Brasil e ter seu objeto de estudo claramente enunciado. Foi utilizado o julgamento de pares de juízes, com base num sistema padronizado, previamente desenvolvido e já descrito na literatura, de análise e categorização de investigações empíricas sobre micro comportamento organizacional. Foram encontrados 23 artigos. Os resultados indicaram que não há uma linha de pesquisa nacional na área e que as principais variáveis estudadas foram: cultura, poder e processos psicológicos, comunicação e gestão de pessoas na compreensão da mudança organizacional. A partir das lacunas encontradas, é proposta uma agenda de pesquisa que sugere, dentre outras coisas, a construção de instrumentos de medida e mais pesquisas sobre cultura e poder.

Palavras-chave: mudança organizacional, percepção e crenças sobre mudança, conseqüências das mudanças organizacionais, revisão bibliográfica, micro comportamento organizacional.

Palavras-chave


mudança organizacional, percepção e crenças sobre mudança, conseqüências das mudanças organizacionais, revisão bibliográfica, micro comportamento organizacional

Texto completo:

PDF


Rev. Psi: Org e Trab R. Eletr. Psico., ISSN 1984-6657, Brasília, Brasil.