Mudando a Gestão da Qualidade de Vida no Trabalho

Mario Cesar Ferreira, José Vieira Leite, Ana Magnólia Mendes

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar uma experiência sobre Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) ocorrida no âmbito da Empresa X. O enfoque utilizado busca a integração entre a pesquisa (diagnóstico com fundamentos científicos) e a intervenção nas organizações. Ele é resultado de diálogo interdisciplinar entre as abordagens teóricas e metodológicas oriundas da Ergonomia da Atividade e da Psicodinâmica do Trabalho, incorporando, ainda, a crítica de Simone Weil à Opressão do Trabalho. O método utilizado foi o de Análise de Discurso. O principal resultado alcançado foi a produção de análise a respeito do Fórum de QVT da Empresa X e de seus mais significativos desdobramentos, a Política de QVT da Empresa X e as Doze Ações Imediatas em QVT da Empresa X. A principal conclusão obtida é a da existência, na atualidade, na Empresa X, de Política de QVT que pode, por certo, ser dita de vanguarda, nas áreas privada e pública, nacional e internacional, em convivência com uma realidade teórico-prática de QVT localizada, não poucas vezes, em contradição com as prescrições, princípios e valores presentes em tal política.

Palavras-chave: qualidade de vida no trabalho, ergonomia da atividade, psicodinâmica do trabalho, opressão do trabalho.

Palavras-chave


qualidade de vida no trabalho, ergonomia da atividade, psicodinâmica do trabalho, opressão do trabalho

Texto completo:

PDF


Rev. Psi: Org e Trab R. Eletr. Psico., ISSN 1984-6657, Brasília, Brasil.