Influência de técnicas de enriquecimento ambiental no aumento do bem-estar de Callithrix penicillata (E. Geoffroy, 1812) (Primates: Callitrichidae)

Mariana Prado Borges, Jonas Byk, Kleber Del-Claro

Resumo


Este estudo aplicou técnicas de enriquecimento ambiental em um grupo cativo de Callithrix penicillata (saguis-de-tufos-pretos) com o objetivo de aumentar o bem-estar desses animais. O enriquecimento foi realizado com seis animais, três machos e três fêmeas, do Zoológico do Parque Municipal do Sabiá (Uberlândia, MG, Brasil). Os dados foram coletados em três fases, pré-enriquecimento, enriquecimento e pós-enriquecimento, cada uma com 40h de observações quantitativas. Foram utilizados dois modelos de enriquecimento sensorial e quatro modelos de enriquecimento alimentar. A resposta comportamental ao enriquecimento foi positiva. Foi observado aumento em alguns comportamentos, como exploratórios, de forrageio, sociais e territoriais, ao passo que outros diminuíram como os estereótipos (indicativos de estresse). Durante e após o enriquecimento houve exibição de comportamentos antes não expressos, principalmente os relacionados à reprodução e socialização. As mudanças comportamentais observadas indicam que o enriquecimento promoveu uma melhora na qualidade de vida dos animais.


Palavras-chave


Callithrix penicillata; Enriquecimento ambiental; Estresse; Primata; Zoológico

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2011v24n1p83

Direitos autorais 2011 Mariana Prado Borges, Jonas Byk, Kleber Del-Claro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.