Efeitos da música clássica como elemento de enriquecimento ambiental em Mus musculus em cativeiro (Rodentia: Muridae)

José Geraldo Pereira da Cruz, Débora Delwing Dal Magro, Júlia Niehues da Cruz

Resumo


No ambiente selvagem, os animais são submetidos a mudanças constantes nos estímulos sensoriais. Entretanto, o ambiente de cativeiro é muito mais pobre em termos de estímulos fornecidos aos animais alojados no seu interior. Numa tentativa de remediar esta situação e promover um melhor bem estar, camundongos (Mus musculus) foram expostos a duas condições: sem estímulos auditivos e com música clássica. Em todos os experimentos foi utilizada uma bateria de testes comportamentais. Os resultados demonstram uma diminuição significativa na imobilidade no nado forçado, aumento de entradas nos braços fechados do labirinto em cruz elevado e diminuição na imobilidade no campo aberto, nos animais que haviam sido pré-expostos anteriormente a 24h de música e sugerem que a música clássica causas mudanças na atividade motora em camundongos. Este estudo leva a conclusão que o enriquecimento do ambiente causa profundos efeitos sobre o comportamento de camundongos nos testes comportamentais e a música clássica é um método relativamente simples de contribuir para o bem estar de camundongos em cativeiro, mas pode comprometer resultados de experimentos como o nado forçado.


Palavras-chave


Campo aberto; Camundongos; Enriquecimento ambiental; Labirinto em cruz elevado; Nado forçado

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n2p191

Direitos autorais 2011 José Geraldo Pereira da Cruz, Débora Delwing Dal Magro, Júlia Niehues da Cruz

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.