<b>As interações entre os seres humanos e os animais: a contribuição da etnozoologia.</b><br>

Autores

  • Dídac Santos-Fita Universidade Estadual de Santa Cruz, Departamento de Ciências Biológicas, Ilhéus – BA
  • Eraldo Medeiros Costa-Neto Universidade Estadual de Feira de Santana, Departamento de Ciências Biológicas

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Resumo

No presente artigo de revisão, a variedade de interações que as culturas humanas mantêm com os animais é abordada pela perspectiva da Etnozoologia, ramo da Etnobiologia que investiga os conhecimentos, significados e usos dos animais nas sociedades humanas. São discutidos os seguintes temas: definição, fundamentos e histórico da etnozoologia; áreas de estudo; aplicabilidade do conhecimento etnozoológico; e aspectos éticos da pesquisa etnozoológica. Como abordagem científica, a etnozoologia pode ser uma ferramenta interpretativa valiosa quando se estudam as interações entre humanos e animais em uma determinada região.

Biografia do Autor

Dídac Santos-Fita, Universidade Estadual de Santa Cruz, Departamento de Ciências Biológicas, Ilhéus – BA

Possui Graduação em Biología - Universitat de Barcelona - e Especialização em Antropologia Social e Cultural - Universitat Autònoma de Barcelona - na Espanha. Mestre em Zoologia pela Universidade Estadual de Santa Cruz, Bahia, Brasil (bolsa CAPES). Atualmente faz o Doutorado em Ciencias en Ecología y Desarrollo Sustentable en el Colegio de la Frontera Sur (ECOSUR), Chiapas, México.

Mais informações no Currículo Lattes.

Eraldo Medeiros Costa-Neto, Universidade Estadual de Feira de Santana, Departamento de Ciências Biológicas

Possui Graduação pela Universidade Federal de Alagoas, Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal de Alagoas e Doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos. Pós-doutorado na UNAM pelo Instituito de Biologia.

Mais informações no Currículo Lattes.

Downloads

Publicado

2007-01-01

Edição

Seção

Artigos