Monitoramento do crescimento de juvenis de Farfantepenaeus paulensis (Perez-Farfante, 1967) com vistas a um futuro repovoamento da Lagoa de Ibiraquera, Imbituba, SC

Jesús Malpartida, Luis Vinatea

Resumo


A Lagoa de Ibiraquera, que está localizada na região sul do Brasil, estado de Santa Catarina, entre os municípios de Garopaba e Imbituba, foi foco na década passada de um programa de repovoamento com camarões
marinhos. Desde então, este ambiente natural pode ter sofrido mudanças, principalmente por causas antropogênicas, sobretudo poluição doméstica e aumento do esforço de pesca, especialmente a do camarãorosa Farfantepenaeus paulensis (Perez-Farfante, 1967). Este motivo leva a questionar a viabilidade de se executar um novo programa de repovoamento. Para comprovar se os juvenis de F. paulensis crescem e sobrevivem alimentando-se somente da oferta natural disponível na Lagoa e suportando as atuais condições de qualidade de água, desenhou-se um experimento para calcular a capacidade da Lagoa para um eventual repovoamento. Para tanto, levou-se em consideração um experimento com duração de 93 dias em três tratamentos: 1, 1,5 e 2 camarões/m2, em cercados circulares de 50m2 de área total. Com relação ao crescimento dos camarões, encontraram-se valores similares aos obtidos por outros pesquisadores em experimentos realizados na Lagoa dos Patos. O tratamento de 1 camarão/m2 foi significativamente maior (p<0,05) dos demais tratamentos, sendo que as outras duas densidades de estocagem não foram detectadas diferenças significativas entre elas (p>0,05). A sobrevivência final nos três tratamentos, assim como a biomassas de poliquetas no tempo do experimento, não apresentaram
diferenças significativas entre tratamentos (p>0,05). Concluindo, pode-se afirmar que a Lagoa de Ibiraquera apresenta boas condições para suportar um novo repovoamento, desde que se utilizando uma densidade de estocagem de 1 camarão/m2.

Palavras-chave


Farfantepenaeus paulensis; Cercados; Lagoas costeiras; Repovoamento; Poliquetas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2007 Jesús Malpartida, Luis Vinatea

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.