Ritmo circadiano e atividade locomotora em Bothrops jararacussu (Serpentes, Viperidae)

José Geraldo Pereira da Cruz

Resumo


Muitos parâmetros bioquímicos, fisiológicos e comportamentais exibidos pelos organismos mostram uma flutuação diária que persiste quando os organismos são mantidos em condições constantes do ambiente, demonstrado que são controlados por osciladores endógenos. Temporalmente, a atividade locomotora em répteis é limitada através do sistema circadiano. A relativa estabilidade das vias e a diversidade na atividade motora no ciclo sugerem que o comportamento possa apresentar mecanismos de regulação e conservação. Neste experimento, o comportamento de Bothrops jararacussu foi analisado em animais mantidos durante 24h de ciclo claro/escuro e ciclo escuro/claro; para determinar se os aspectos comportamentais são conservados. Bothrops jararacussu mostra um padrão de atividade noturna monofásica durante o ciclo claro/escuro, com um ritmo em livre curso. O ritmo de atividade locomotora desaparece no ciclo escuro/claro. Muitos parâmetros exibidos pelos organismos mostram flutuações diárias que, quando persistentes no organismo, são mantidas pelas condições constantes do ambiente.

Palavras-chave


Atividade locomotora; Ritmo circadiano; Serpentes

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2007 José Geraldo Pereira da Cruz

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.