Small distances, great differences: a case study involving the biomass of reef seaweeds and fishes on the coast of Paraíba, Northeast Brazil.

Allan Tainá de Souza, Martina Di Iulio Ilarri, Paulo Roberto de Medeiros, Cláudio Luís Santos Sampaio, Paulo Antunes Horta

Resumo


Pequenas distâncias, grandes diferenças: um estudo de caso envolvendo a biomassa de macroalgas recifais, no litoral paraibano. Os recifes costeiros paraibanos ainda são pouco conhecidos. A análise de três diferentes gradientes de exposição a ondas (Prot = protegido; SP = semi-protegido e Exp = exposto) revelou diferenças significativas (p < 0,05) em relação à biomassa das macroalgas bênticas (Prot = SP ≠ Exp). A estação Exp com 9,97g (23%) apresentou o menor valor de biomassa seguido de SP com 10,93g (25%) e Prot com 22,55g (52%). Os dados sugerem que o aumento gradativo à exposição as ondas atua inversamente na biomassa das macroalgas. Adicionalmente,Wrangelia argus (Montagne) Montagne foi registrada pela primeira vez no litoral paraibano.

Palavras-chave


Hidrodinamismo; Macroalgas; Recife costeiro; Paraíba; Peixes

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2007 Allan Tainá de Souza, Martina Di Iulio Ilarri, Paulo Roberto de Medeiros, Cláudio Luís Santos Sampaio, Paulo Antunes Horta

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.