Tachinobia sp. (Hymenoptera: Eulophidae) como parasitóide de dípteros coletados em Itumbiara, Goiás e Tupaciguara, Minas Gerais

Carlos H. Marchiori

Resumo


Este trabalho relata a ocorrência do parasitóide Tachinobia sp. (Hymnoptera: Eulophidae) parasitando pupas de moscas (Diptera) em Itumbiara, Goiás e Tupaciguara, Minas Gerais. As pupas foram obtidas pelo método de flu- tuação. Elas foram individualizadas em cápsulas de gelatina até a emer-  gência das moscas ou dos seus parasitóides. De fevereiro de 2003 a setem bro de 2004, 50 parasitóides foram coletados em iscas de fezes humanas em Itumbiara, Goiás e quatro em iscas de fígado bovino em Tupaciguara, Minas Gerais. A porcentagem de parasitismo em Ophyra aenescens (Wiede mann) (Diptera: Muscidae) e Oxysarcodexia thornax (Walker) (Diptera: Sarcophagidae) em fezes humanas foi de 2,2% e 0,8%, respectivamente, e em Megaselia scalaris (Loew) (Diptera: Phoridae) em fígado bovino foi de 0,1%. A porcentagem total de parasitismo foi de 0,3%

Palavras-chave


Diptera; Controle biológico; Inimigo natural; Armadilhas; Primeira ocorrência

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2006 Carlos H. Marchiori

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.