Distribuição da macrofauna bêntica do entremarés ao sublitoral em uma praia estuarina da Baía da Babitonga, Sul do Brasil

Paulo Roberto Pagliosa

Resumo


Este estudo investiga a variação espacial da macrofauna bêntica do entremarés ao sublitoral de uma praia estuarina da Baía da Babitonga, sul do Brasil. A fauna e os sedimentos foram amostrados a 0 (entre marés), 5, 10 e 20 m de profundidade em três transversais em relação a  linha da praia. A estrutura das associações bênticas local esteve relaci onada com as diferenças nos sedimentos. As estações a 0 e 5 m de profundidade refletiram os efeitos da ação das ondas e possivelmente das mudanças sazonais na praia. A fauna destas estações apresentou baixa riqueza e densidade específica. A macrofauna dos pontos mais profundos (10 e 20 m) foi mais diversa e dominada numericamente por Ophiuroidea e poliquetas Cirratulidae (Tharyx sp.) e Maldanidae (Clyme nella brasiliensis). Uma quebra na zonação do ambiente e da comu nidade  ao longo das transversais foi detectada na região mais interna, onde a proximidade da desembocadura de uma gamboa proporcionou um ambiente com maior estabilidade sedimen tológica e a colonização por antozoários Edwardsia sp. e do poliqueta Lumbrineridae Lumbrineris atlantica. Adicio-nalmente, sedimentos com elevados teores de partículas finas foram intensamente colonizados, cerca  de 22.400 indivíduos/m2, por C. brasiliensis. As características dos fundos locais foram relacionadas com a bioturbação realizada pelos poliquetas Maldanidae. A composição de espécies da macrofauna ao longo de praias arenosas da desem bocadura de sistemas estuarinos do sul do Brasil foi comparada.


Palavras-chave


Praia estuarina; Macrofauna; Sedimentos; Baía da Babitonga; Brasil

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2006 Paulo Roberto Pagliosa

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.