Vivência dos estudantes das áreas biológicas, agrárias e da saúde da Universidade Católica Dom Bosco quanto ao uso de animais em aulas práticas

Autores

  • Mariana Coelho Mirault Pinto Universidade Católica Dom Bosco
  • Adriana Odalia Rímoli Universidade Católica Dom Bosco

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Vivissecção, Educação humanitária, Dissecação, Bioética

Resumo

A polêmica em torno do uso de animais em aulas práticas tem levado a sérias discussões de cunho ético nas universidades no Brasil e no mundo. Na maioria das vezes, tais discussões são iniciadas pelos próprios estudantes que se vêem obrigados a praticarem atos que vão contra seus princípios. Este contexto motivou a realização desta pesquisa, mediante a aplicação de um questionário distribuído a cem alunos dos cursos das Áreas Biológicas, da Saúde e das Ciências Agrárias da Universidade Católica Dom Bosco, em Campo Grande, MS. O objetivo principal foi analisar a posição dos acadêmicos frente a esta problemática. Observou-se que, de modo geral, os acadêmicos não conheciam os materiais didáticos alternativos ao uso de animais. A maioria (X = 85,8 ± 9,7) preferiria não ter de utilizar animais em aulas práticas, principalmente os filogeneticamente mais próximos ao homem (mamíferos), caso os métodos alternativos fossem eficazes ou estivessem disponíveis. Além disso, observou-se que a maioria (X = 65,7 ± 24,7) se preocupa com a polêmica que o assunto desperta, pois muitos acreditam que esse tipo de prática é fundamental para sua profissão e que a universidade deveria oferecer alternativas aos que se opõem ao
uso de animais.

Biografia do Autor

Mariana Coelho Mirault Pinto, Universidade Católica Dom Bosco

Mestre em Ecologia e Conservação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, possui Graduação em Biologia Licenciatura e Bacharelado pela Universidade Católica Dom Bosco, Graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Mais informações no Currículo Lattes.

Adriana Odalia Rímoli, Universidade Católica Dom Bosco

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de São Carlos, Mestrado em Psicologia (Psicologia Experimental) pela Universidade de São Paulo e Doutorado em Psicologia (Psicologia Experimental) pela Universidade de São Paulo.

Mais informações no Currículo Lattes.

Downloads

Publicado

2005-01-01

Edição

Seção

Artigos