Digestibilidade de dietas contendo antibiótico, probiótico e prebiótico para coelhos em crescimento

Joseli Alves Ferreira Zanato, Jeffrey Frederico Lui, Maria Cristina Oliveira, Aderbal Cavalcante Neto, Otto Mack Junqueira, Euclides Braga Malheiros, Claúdio Scapinello

Resumo


Objetivou-se avaliar a utilização de antibiótico, probiótico e prebiótico sobre a digestibilidade de nutrientes de dietas para coelhos em crescimento. Utilizaram-se 20 coelhos, com 50 dias de idade. O delineamento foi o inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos (T) utilizados foram os seguintes: T1 = ração controle negativo (sem aditivo promotor de crescimento); T2 = ração com antibiótico, controle positivo (0,05% de bacitracina de zinco); T3 = ração com probiótico (0,15% de Bacillus subtillis na concentração de 109 UFC/g); T4 = ração com prebiótico (0,15% de mananoligossacarídeo fosforilado a 30%); e T5 = ração com simbiótico (probiótico + prebiótico). O período experimental teve duração de 12 dias, sendo sete de adaptação às dietas experimentais e às gaiolas e cinco dias de coleta. Foram calculados os coeficientes de digestibilidade aparente da matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, matéria mineral e extrato etéreo. Só foi observada influência signifi cativa do tratamento sobre os coeficientes de fibra em detergente ácido e da matéria seca, nos quais o prebiótico apresentou maiores valores. Conclui-se que a adição de probiótico e simbiótico à ração resultou em coefi cientes de digestibilidade dos coelhos semelhantes aos que receberam as dietas com antibióticos e sem nenhum aditivo. Melhores resultados de digestibilidade foram obtidos com a utilização do prebiótico.


Palavras-chave


Aditivos; Bacillus subtillis; Mananoligossacarídeo; Nutrição animal

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2008v21n4p131

Direitos autorais 2008 Joseli Alves Ferreira Zanato, Jeffrey Frederico Lui, Maria Cristina Oliveira, Aderbal Cavalcante Neto, Otto Mack Junqueira, Euclides Braga Malheiros, Claúdio Scapinello

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.