Registros notáveis de répteis de áreas abertas naturais do planalto e litoral do Estado de Santa Catarina, sul do Brasil

Ivo Rohling Ghizoni-Junior, Tobias Saraiva Kunz, Jorge José Cherem, Renato Silveira Bérnils

Resumo


A composição e a distribuição dos répteis em Santa Catarina são pouco conhecidas, particularmente em suas áreas abertas naturais do planalto (estepe ombrófila) e do litoral (faixa litorânea de restingas com dunas). Visando contribuir com o conhecimento dos répteis nestas áreas, são apresentados registros de dezesseis espécies anteriormente desconhecidas ou com poucos registros para Santa Catarina: Acanthochelys spixii, Anops kingii, Cnemidophorus lacertoides, C. vacariensis, Leptotyphlops munoai, Mastigodryas b. bifossatus, Tantilla aff. melanocephala, Atractus reticulatus, Gomesophis brasiliensis, Lygophis flavifrenatus, Oxyrhopus r. rhombifer, Phalotris reticulatus, Philodryas agassizii, Xenodon dorbignyi, Micrurus altirostris e Bothrops pubescens. São discutidos brevemente aspectos sobre a distribuição e a conservação destas espécies.


Palavras-chave


Répteis; Santa Catarina; Campos; Estepes; Restingas

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n3p129

Direitos autorais 2011 Ivo Rohling Ghizoni-Junior, Tobias Saraiva Kunz, Jorge José Cherem, Renato Silveira Bérnils

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.