Ictiofauna capturada por pescadores artesanais na Lagoa Pequena – Região estuarina da Lagoa dos Patos – RS

Autores

  • Clarissa Alves
  • Fabiano Corrêa
  • Alex Bager
  • Juvêncio Pouey Luís Osório Fernandes
  • Sérgio Renato Noguez Piedras Piedras

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n3p229

Palavras-chave:

Espécies de peixe, Estuário, Pesca artesanal, Salinidade

Resumo

Através de avaliações mensais foram identificadas as principais espécies de peixes capturadas por pescadores artesanais que atuam na Lagoa Pequena, localizada na região estuarina da Lagoa dos Patos – RS. Os dados de biomassa, freqüência absoluta e relativa de cada espécie foram submetidas à análise de correlação com a estação do ano e variáveis ambientais. Embora a salinidade tenha se mantido acima de 3,5, houve predominância da captura de 85,5% de espécies características de água doce e 15,5% de espécies estuarinas. O valor econômico das espécies, as artes de pesca e estação do ano são determinantes na produção pesqueira local.

Biografia do Autor

Clarissa Alves

Universidade Católica de Pelotas, Pelotas – RS, Brasil

Fabiano Corrêa

Universidade Católica de Pelotas, Pelotas – RS, Brasil

Alex Bager

Universidade Federal de Lavras - MG, Brasil

Juvêncio Pouey Luís Osório Fernandes

Laboratório de Ictiologia, Departamento de Zootecnia, FAEM
Universidade Federal de Pelotas, Pelotas – RS, Brasil
Campus Universitário do Capão do Leão, FAEM/UFPel
Caixa Postal 354, CEP 96010-970, Pelotas – RS, Brasil

Sérgio Renato Noguez Piedras Piedras

Laboratório de Ictiologia, Departamento de Zootecnia, FAEM
Universidade Federal de Pelotas, Pelotas – RS, Brasil
Campus Universitário do Capão do Leão, FAEM/UFPel
Caixa Postal 354, CEP 96010-970, Pelotas – RS, Brasil

Downloads

Publicado

2009-06-20

Edição

Seção

Artigos