Riqueza de espécies de sub-bosque em um fragmento florestal urbano, Pernambuco, Brasil

Autores

  • Ana Cristina Ramos de Souza
  • Eduardo Bezerra de Almeida Jr
  • Carmen Sílvia Zickel

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n3p57

Palavras-chave:

Fragmento urbano, Pernambuco, Riqueza, Sub-bosque

Resumo

Com o objetivo de caracterizar a composição florística do sub-bosque, o presente estudo foi desenvolvido no Parque Estadual de Dois Irmãos, (08°01’15,1”S e 34°56’3,2”W – sede), com área de aproximadamente 370ha, caracterizado como Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas, em que foram incluídos indivíduos de até 4,0m de altura, como arvoretas, arbusto, sub-arbustos e herbáceas terrícolas, em estádio fértil. As coletas quinzenais foram realizadas por um período de 24 meses. Foram coletadas 108 espécies, distribuídas em 86 gêneros e 49 famílias. As famílias com maior número de espécies foram Rubiaceae (14), Fabaceae (9), Melastomataceae (8), Asteraceae (8), Myrtaceae (6) e Poaceae (4). Fabaceae, Melastomataceae, Myrtaceae e Rubiaceae destacaram-se pelo maior número de espécies encontradas no sub-bosque do fragmento. De maneira geral, entre os levantamentos realizados em áreas de floresta atlântica de Pernambuco, constata-se a presença de um conjunto de espécies arbóreas comuns a essas florestas.

Biografia do Autor

Ana Cristina Ramos de Souza

Departamento de Biologia, Área Botânica, Faculdade São Lucas
Porto Velho – RO

Eduardo Bezerra de Almeida Jr

Departamento de Biologia, Área Botânica
Universidade Federal Rural de Pernambuco, CEP 52171-900, Recife – PE, Brasil

Carmen Sílvia Zickel

Departamento de Biologia, Área Botânica
Universidade Federal Rural de Pernambuco, CEP 52171-900, Recife – PE, Brasil

Downloads

Publicado

2009-06-20

Edição

Seção

Artigos