Anatomia funcional da cavidade bucofaringiana de trairão, Hoplias lacerdae Miranda Ribeiro, 1908 (Characiformes, Erythrinidae)

Cláudia Maria Reis Raposo Maciel, Alaor Maciel Júnior, Eduardo Arruda Teixeira Lanna, Eliane Menin

Resumo


Neste trabalho foi estudada a anatomia da cavidade bucofaringiana de 20 exemplares de trairão, Hoplias lacerdae (Miranda Ribeiro, 1908), machos e fêmeas, de 24,41cm de comprimento-padrão médio, fixados em solução aquosa de formaldeído a 4% e, ou diafanizados e corados com alizarina e “alcian blue”. As características anatômicas da cavidade bucofaringiana de H. lacerdae são lábios delgados e aderidos às respectivas maxilas; dentição oral constituída de dentes caninos e cônicos, implantados nos pré-maxilar, maxilar e dentário, e dentes cônicos nos ectopterigóide e ectopterigóide acessório; língua lisa, com ápice livre; placas dentígeras, com dentes cônicos, revestindo as faces externa e interna dos arcos branquiais; rastros branquiais pouco numerosos no arco branquial I, com dentículos; aparelho dentário faringiano desenvolvido, dentes cônicos implantados nos II, III e IV faringobranquiais e no V ceratobranquial e mucosa sem relevos expressivos. Estas características confirmam o hábito carnívoro, preferencialmente ictiófago dessa espécie.


Palavras-chave


Anatomia; Cavidade bucofaringiana; Dentição; Pisces; Teleostei

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n3p95

Direitos autorais 2011 Cláudia Maria Reis Raposo Maciel, Alaor Maciel Júnior, Eduardo Arruda Teixeira Lanna, Eliane Menin

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.