Distribuição espacial do banco de sementes de plantas daninhas em área de monocultura de feijão

Diego Stähelin, Mario Alvaro Aloisio Verissimo, Pedro Patric Pinho Morais, Marlon Mathias Dacal Coan, Jefferson Luis Meirelles Coimbra, Altamir Frederico Guidolin

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo conhecer as características de distribuição espacial do banco de sementes de plantas daninhas visando o auxilio na tomada de decisão na adoção de técnicas de manejo, em uma área sob monocultivo de feijão. Para tanto foram utilizadas ferramentas de agricultura de precisão bem como técnicas de análise geoestatística. Os dados foram obtidos através da coleta de amostras de solo em 24 pontos georreferenciados dentro de uma malha quadrangular com espaçamento de 20x20 metros. as amostras de solo foram acondicionadas em bandejas plásticas dando-se as condições ideais para a germinação das sementes. Os dados obtidos revelaram pontos com infestações potenciais de cerca de 8000 plantas m-2 constituindo importante problema por competirem por recursos do ambiente com o feijão, desfavorecendo seu desenvolvimento e consequentemente a produção de grãos.


Palavras-chave


Agricultura de precisão; Aplicação localizada de defensivos; Variabilidade espacial.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n4p15

Direitos autorais 2011 Diego Stähelin, Mario Alvaro Aloisio Verissimo, Pedro Patric Pinho Morais, Marlon Mathias Dacal Coan, Jefferson Luis Meirelles Coimbra, Altamir Frederico Guidolin

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.