As artérias coronárias da paca (Agouti рaca Linnaeus 1766)

Autores

  • Bruna Helena Pinheiro Ávila EMBRAPA
  • Márcia Rita Fernandes Machado EMBRAPA
  • Silvia Helena Brendolan Gerbasi EMBRAPA
  • Fabrício Singaretti de Oliveira EMBRAPA

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n4p159

Palavras-chave:

Artérias coronárias, Coração, Paca

Resumo

O presente estudo objetivou descrever as artérias coronárias na paca. Foram utilizados 12 corações, fixados em solução aquosa de formaldeído a 10%. Observou-se que em todos os corações houve a presença das artérias coronárias esquerda e direita. A primeira originava-se da emergência da aorta, entre a aurícula esquerda e o tronco pulmonar, e bifurcava-se em ramo circunflexo, dirigindo-se à face direita desse όrgão, e ramo interventricular paraconal, que seguia na direção do ápice cardíaco, percorrendo o sulco interventricular paraconal. Em 91,6% dos casos, na altura de sua emergência, o ramo paraconal emitia um espesso ramo colateral para a parede ventricular esquerda e, em seguida, em 100% dos casos estudados, aprofundava-se caracterizando uma grande ponte de miocárdio. Em 8,4% dos casos, observouYse que esse espesso ramo colateral para a parede ventricular esquerda originava-se diretamente da artéria coronária esquerda e não do ramo paraconal, não havendo alterações quanto ao ramo circunflexo. Em relação à artéria coronária direita, constatou-se que a mesma originou-se da aorta, na face atrial, em direção à margem ventricular direita e percorrendo o sulco interventricular subsinuoso como ramo interventricular subsinuoso.

Biografia do Autor

Bruna Helena Pinheiro Ávila, EMBRAPA

Depto de Morfologia e Fisiologia Animal, Universidade Estadual Paulista (UNESP) Campus Jaboticabal - SP, Brasil

Márcia Rita Fernandes Machado, EMBRAPA

Depto de Morfologia e Fisiologia Animal, Universidade Estadual Paulista (UNESP) Campus Jaboticabal - SP, Brasil

Silvia Helena Brendolan Gerbasi, EMBRAPA

Depto de Morfologia e Fisiologia Animal, Universidade Estadual Paulista (UNESP) Campus Jaboticabal - SP, Brasil

Fabrício Singaretti de Oliveira, EMBRAPA

Depto de Medicina Veterinária, Universidade Estadual de Maringá (UEM) Campus Umuarama - PR, Brasil Av. Colombo, 5790, CEP 87020Y900, Maringá - PR, Brasil

Downloads

Publicado

2009-06-03

Edição

Seção

Artigos