Anomalias cromáticas em Bothrops jararaca (Serpentes, Viperidae): Xantismo interfere na sobrevivência?

Letícia Ruiz Sueiro, Cláudio Augusto Rojas, José Yamin Risk, Francisco Oscar Siqueira França, Selma Maria Almeida-Santos

Resumo


Esse artigo descreve pela primeira vez xantismo em dois exemplares de B. jararaca e um acidente ofídico causado por um desses espécimes. Possíveis vantagens adaptativas para as espécies portadoras de tal anomalia cromática são discutidas. Para isso, foram analisados um exemplar macho proveniente de Jaraguá do Sul – SC e uma fêmea (responsável pelo acidente ofídico) proveniente de São Roque – SP. Ambos os espécimes apresentaram coloração característica de xantismo. A dissecção e análises ovarianas demonstraram folículos em início de vitelogênese, indicativo de período reprodutivo e com características de nuliparidade. A dissecção e análise gonadal do macho mostraram a presença de ducto deferente enovelado, indicativo de maturidade sexual. O quadro clínico do paciente mostrou tratar-se de um caso típico de acidente botrópico, apresentando sintomatologia característica para esse tipo de acidente ofídico. Os resultados obtidos corroboram dados da literatura para outros casos de xantismo, com ocorrência em serpentes de hábito noturno, adultas e em idade reprodutiva. Foi constatada que a perda da coloração críptica habitual não conferiu vantagens, ou seja, o xantismo, provavelmente alterou as chances de sobrevivência em serpentes de hábitos não predominantemente noturnos. 


Palavras-chave


Adaptação; Anomalias cromáticas; Reprodução; Serpente; Xantismo

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n1p155

Direitos autorais 2011 Letícia Ruiz Sueiro, Cláudio Augusto Rojas, José Yamin Risk, Francisco Oscar Siqueira França, Selma Maria Almeida-Santos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.