Aspects of the feeding and population structure of Leporinus piau Fowler, 1941 (Actinopterygii, Characiformes, Anostomidae) of Taperoá II Dam, semi arid region of Paraíba, Brazil

Autores

  • Ana Karla Araújo Montenegro Universidade Federal da Paraíba
  • Jane Enisa Ribeiro Torelli Universidade Federal da Paraíba
  • Randolpho Sávio de Araújo Marinho Universidade Federal da Paraíba
  • Maria Cristina Crispim Universidade Federal da Paraíba
  • Malva Isabel Medina Hernandez Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n2p101

Palavras-chave:

Alimentação, Anostomidae, Dinâmica populacional, Ictiofauna, Semi-árido

Resumo

Aspectos da estrutura populacional e alimentar de Leporinus piau Fowler, 1941 (Actinopterygii, Characiformes, Anostomidae) do Açude Taperoá II, na região do semi-árido da Paraíba, Brasil. Objetivou-se determinar a estrutura populacional, estabelecer a relação peso-comprimento, a proporção sexual, a relação entre a atividade alimentar e o período reprodutivo, e identificar a dieta e o regime alimentar de Leporinus piau. Foram realizadas seis coletas, nos meses de outubro e dezembro de 2005; março, junho, agosto e outubro de 2006, utilizando-se tarrafas, redes de espera e arrasto. Alguns exemplares foram enviados à Coleção Ictiológica da UFPB. Foram coletados 89 indivíduos de comprimentos que variaram de 6,2cm a 22,0cm. O crescimento foi do tipo alométrico negativo. Houve um predomínio significativo de machos. A dieta alimentar de L. piau se mostrou variada, sugerindo onivoria e oportunismo.

Biografia do Autor

Ana Karla Araújo Montenegro, Universidade Federal da Paraíba

Doutoranda em Ciências Biológicas, área de concentração Zoologia, na Universidade Federal da Paraíba, projeto tese em ictioplâncton do semi-árido paraibano. Mestrado em Ciências Biológicas - Zoologia - UFPB, dissertação em Bioecologia de peixes do semi-árido paraibano. Licenciatura e bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Paraíba, monografia desenvolvida: Influência da metodologia na análise da dieta de Steindachnerina notonota (Miranda Ribeiro, 1937), do açude Taperoá II - PB. Tendo desenvolvido também, durante a graduação, trabalhos com fitoplâncton de água doce. Em 2007, desenvolveu trabalhos com os seguintes temas: comunidade de peixes, diversidade, estrutura populacional e alimentação, bem como, com piscicultura em comunidades indígenas vinculados a UFPB.

Jane Enisa Ribeiro Torelli, Universidade Federal da Paraíba

Possui graduação em Ciências Biológicas, Mestrado em Zootecnia e é doutoranda em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Paraíba. É bióloga do DSE/CCEN/UFPB. Tem experiência na área de Ecologia de Ecossistemas aquaticos, sobre a diversidade de peixes água doce, bem como desenvolve atividades de extensão universitaria. em áreas de produção animal (piscicultura) e processamento e beneficiamento do pescado.

Randolpho Sávio de Araújo Marinho, Universidade Federal da Paraíba

Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Paraíba (2006). Fui estagiario voluntario do Laboratorio de Ecologia Aquatica na Universidade Federal da Paraíba, e em varios projetos vinculados ao Programa Ecológico de Longa Duração (PELD). Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Bioecologia de Peixes de Agua Doce, principalmente nos seguintes temas: peixes, semi-arido, categoria trofica, atividade alimentar e periodo reprodutivo.

Maria Cristina Crispim, Universidade Federal da Paraíba

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Paraíba (1987) e doutorado em Ecologia e Biossistemática pela Universidade de Lisboa (1997). Atualmente é professor titular da Universidade Federal da Paraíba. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia de Ecossistemas, atuando principalmente nos seguintes temas: zooplâncton, semi-árido, biodiversidade, conservação de espécies, aquicultura, gestão ambiental, ecoturismo e educação ambiental.

Malva Isabel Medina Hernandez, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Biologia (modalidade Ecologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990), mestrado em Ecologia pela Universidade Estadual de Campinas (1995) e doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001). É professor adjunto do Departamento de Ecologia e Zoologia do Centro de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Santa Catarina e faz parte do Corpo Docente do Programa de Pós Graduação em Ecologia da mesma Universidade. É consultor de vários periódicos científicos. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia de Comunidades, atuando principalmente nos seguintes temas: ecologia de insetos, conservação e biodiversidade, impacto ambiental, Mata Atlântica, Coleoptera e Lepidoptera.

Downloads

Publicado

2010-04-08

Edição

Seção

Artigos