Efeito de diferentes programas de iluminação para poedeiras semi-pesadas criadas em galpões abertos

Clóvis Eliseu Gewehr, Henrique Jorge de Freitas, Judas Tadeu de Barros Cotta, Antonio Ilson de Oliveira, Luis David Solis Murgas

Resumo


Avaliou-se o efeito de programas de iluminação sobre o desempenho zootécnico e qualidade de ovos de poedeiras semi-pesadas. Foram testados três programas de luz: contínuo de 15h (natural+artificial); intermitente (duas fotofases de 15s entre a luz natural) e iluminação natural crescente. Foram utilizadas 192 aves alojadas em galpão dividido em três ambientes de forma que a iluminação de um não interferisse na do outro. O período experimental teve a duração de 112 dias, sendo avaliado o desempenho zootécnico através da produção de ovos, consumo de ração, peso e massa de ovos. A qualidade de ovos foi avaliada através da gravidade específica dos ovos, peso e espessura da casca e Unidade Haugh. O delineamento utilizado foi o inteiramente ao acaso, com oito repetições, sendo as médias dos tratamentos comparadas pelo teste SNK (5%). Nos resultados de desempenho, o consumo de ração e peso dos ovos foram semelhantes (P<0,05) entre os diferentes programas. A produção e massa de ovos foram semelhantes (P<0,05) nas aves submetidas aos programas intermitente e contínuo, e maior (P>0,05) em relação à luz natural. A qualidade dos ovos não foi alterada (P<0,05) pelos programas. Programa de iluminação intermitente pode ser usado em galpões abertos permitindo manter o desempenho zootécnico de poedeiras semi-pesadas sem alterar a qualidade do ovo. Programa de luz natural crescente diminui a produção de ovos.


Palavras-chave


Avicultura; Galinhas; Luz; Ovos

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n2p157

Direitos autorais 2011 Clóvis Eliseu Gewehr, Henrique Jorge de Freitas, Judas Tadeu de Barros Cotta, Antonio Ilson de Oliveira, Luis David Solis Murgas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.