Contaminação microbiológica de alimentos comercializados em restaurantes de auto-serviço de Itumbiara-GO

Autores

  • Elias Jose Oliveira von Dolinger Universidade Federal de Uberlândia
  • Poliana de Castro Melo Universidade Estadual Paulista (UNESP) Jaboticabal
  • Gilsimeire Rodrigues Morais Universidade Luterana do Brasil (ILES ULBRA)
  • Carlos Roberto Menezes da Silva Universidade Luterana do Brasil (ILES ULBRA)
  • Denise Von Dolinger de Brito Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n4p129

Palavras-chave:

Alimentos, Avaliação microbiológica, Restaurantes

Resumo

O objetivo da presente pesquisa foi avaliar as condições microbiológicas de alimentos servidos em restaurantes “self- service” em Itumbiara-GO. No total, foram estudados 23 restaurantes e os alimentos coletados foram macarronada, salada de tomate e pepino, maionese e carne de panela. As amostras foram adquiridas com o apoio de fiscais da Vigilância Sanitária Municipal de Itumbiara-GO. Foram pesquisados mesófilos totais, estafilococos coagulase positivo e coliformes termotolerantes. Tanto o preparo das amostras como de suas diluições foram realizadas segundo as técnicas recomendadas pelo Compendium of Methods for the Microbiological Examination of Foods. Em apenas um restaurante não foi detectado contaminação de alimentos. Em 16 (69,6%) deles houve pelo menos três tipos de alimentos contaminados com contagens acima do padrão microbiológico permitido por lei. Todos os patógenos pesquisados foram detectados em pelo menos um tipo de alimento. O patógeno mais freqüente foi o estafilococos coagulase positivo (86,5%). Os resultados são alarmantes, havendo a presença nos alimentos de microrganismos potencialmente patogênicos, o que demonstra a baixa qualidade higiênico-sanitária durante o preparo dos alimentos pesquisados.

Biografia do Autor

Elias Jose Oliveira von Dolinger, Universidade Federal de Uberlândia

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de Uberlândia. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em epidemiologia das infecções hospitalares, mestrado e doutorado na área de Imunologia, Parasitologia e Ciências Aplicadas pela Universidade Federal de Uberlândia, atuando principalmente nos seguintes temas: Artroplastia total de joelho, artroplastia total de quadril, hemiartroplastia e osteossíntese, Staphylococcus aureus, controle das infecções de sítio cirúrgico, epidemiologia molecular das infecções hospitalares e saúde da população.

Poliana de Castro Melo, Universidade Estadual Paulista (UNESP) Jaboticabal

Atualmente doutoranda em Medicina Veterinária Preventiva, pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) Jaboticabal - SP. Mestrado em Medicina Veterinária Preventiva (Qualidade do Leite e Sanidade Animal). Especialista em Processamento e Controle de qualidade em Carne Leite e Ovos pela Universidade Federal de Lavras (UFLA). Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Uberlândia (2004). , atuando principalmente nos seguintes temas: Staphylococcus isolados de leite. Segurança alimentar e Saúde pública, Inspeção de Produtos de Origem Animal, PFGE, Biofilmes e Mastites Bovina e caprina.

Gilsimeire Rodrigues Morais, Universidade Luterana do Brasil (ILES ULBRA)

Possui graduação em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas pela Universidade Luterana do Brasil (2008), foi monitora da coordenação de pesquisa e estagiária no Laboratório de microbiologia do ILES/ULBRA (2007-2008). Atualmente está cursando pós-graduação Stricto Sensu, nível Mestrado, no Programa de Pós Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, da UFG. Tem experiência em Microbiologia, com ênfase em Microbiologia dos alimentos e aplicação das Boas Práticas de Fabricação..

Carlos Roberto Menezes da Silva, Universidade Luterana do Brasil (ILES ULBRA)

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Uberlândia (1997) , mestrado em Genética e Bioquímica pela Universidade Federal de Uberlândia (2000) , ensino-fundamental-primeiro-grau pela Escola Estadual Lia Salgado (1984) , ensino-fundamental-primeiro-grau pela Polivalente Escola Estadual Prof Luiz Antônio de Oliveira Faria (1988) , ensino-medio-segundo-grau pela Escola Estadual Dom José Gaspar (1990) e ensino-medio-segundo-grau pelo Colégio Anglo de Araxá (1992) . Atualmente é professor titular do Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara. Tem experiência na área de Genética, com ênfase em Genética Molecular e de Microorganismos. Atuando principalmente nos seguintes temas: Enterococo, Bactérias Patogênicas, Antibióticos, Vancomicina.

Denise Von Dolinger de Brito, Universidade Federal de Uberlândia

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Uberlândia (1997), mestrado em Imunologia e Parasitologia Aplicadas pela Universidade Federal de Uberlândia (2000) e doutorado em Patologia Molecular pela Universidade de Brasília (2003). Atualmente é professora efetiva da Universidade Federal de Uberlândia. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Infecção Hospitalar, atuando principalmente nos seguintes temas: microbiologia, infecção hospitalar, infecção em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal.

Downloads

Publicado

2010-01-01

Edição

Seção

Artigos