Ectoparasitos de Felis catus domesticus (Linnaeus, 1758) na cidade de João Pessoa, Paraíba, Brasil

Débora Rochelly Alves Ferreira, Leucio Câmara Alves, Maria Aparecida da Gloria Faustino

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n4p43

Objetivou-se com esta pesquisa analisar as espécies de ectoparasitos em gatos domésticos da cidade de João Pessoa, Paraíba, Brasil. Um total de 432 felinos de raças e idades variadas, ambos os sexos, foram estudados. Todos os animais foram submetidos a exame físico, parasitológico, inspeção da pele e exame otoscópico. Os parasitos foram acondicionados em frascos com álcool 70% para posterior montagem e identificação segundo chave específica. Os resultados mostraram 62,7% (271/432) dos animais estavam parasitados por um ou mais espécies de parasitos. As espécies de ectoparasitos foram Ctenocephalides felis (27,3%), Lynxacarus radovskyi (26,2%), Otodectes cynotis (17,4%), Felicola subrostratus (9,7%), Notoedres cati (2,1%) e Rhipicephalus sanguineus (1,6%). Os resultados mostram que ectoparasitos são comuns e causa importante de doença de pele em gatos e variáveis como raças, idade e sexo não mostram importância no parasitismo.


Palavras-chave


Brasil; Felinos; Infestação; Paraíba; Parasitos

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n4p43

Direitos autorais 2010 Débora Rochelly Alves Ferreira, Leucio Câmara Alves, Maria Aparecida da Gloria Faustino

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.