Effects of body size on the diet of Rivulus haraldsiolii (Aplocheiloidei: Rivulidae) in a coastal Atlantic Rainforest island stream, southern Brazil

Autores

  • Vinícius Abilhoa Museu de História Natural Capão da Imbuia
  • Jean Ricardo Simões Vitule UFPR
  • Hugo Bornatowski Grupo de Pesquisa em Ictiofauna (GPIc)
  • Fagner Breda de Lara Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • Glauco Ubiratan Kohler Fundação Universidade Regional de Blumenau
  • Luciana Festti UFPR
  • Wanessa Priscila David do Carmo UFPR
  • Igor Kintopp Ribeiro Departamento de Ictiologia do Museu de Historia Natural do Capão da Imbuia

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n4p59

Palavras-chave:

Feeding ecology, Freshwater fish, Killifish, Neotropics

Resumo

The effect of body size on the feeding habits of the little-known killifish Rivulus haraldsiolii, collected in a coastal Atlantic Rainforest island stream, was investigated. Samples were collected during a study trip on 13 July 2009 in a brackish stream located in the northern part of Ilha do Mel Island, one of the most important southern Atlantic Forest areas in southern Brazil. The diet included aquatic immature insects (Diptera pupae and Chironomidae), aquatic insects (Hemiptera - Vellidae), microcrustaceans (Cladocera), aquatic ticks (Acarina), gastropods (Pomacea sp.), terrestrial insects (Coleoptera, Formicidae and Isoptera), insect fragments, and plant fragments. The species presented an omnivorous feeding habit, and differences in diet could be related to variations in body sizes. Adults (large individuals) feed mainly on Formicidae, plant fragments and aquatic ticks, whereas juveniles (small individuals) feed basically on aquatic immature insects (Chironomidae) and aquatic ticks.

Biografia do Autor

Vinícius Abilhoa, Museu de História Natural Capão da Imbuia

Possui graduação em Biologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1989), mestrado (1998) e doutorado (2004) em Zoologia pela Universidade Federal do Paraná. Realizou aperfeiçoamento em Sistemas de Informação em Biodiversidade no Centro de Biodiversidade do Japão (2006) e atualmente cursa especialização em Análise Ambiental na Universidade Positivo. Coordena o Serviço de Pesquisa em Biodiversidade da Prefeitura Municipal de Curitiba e é Curador da coleção de peixes do Museu de História Natural Capão da Imbuia. Tem experiência nas áreas de ecologia, taxonomia, conservação e avaliação de impactos ambientais, com ênfase na ictiofauna.

Jean Ricardo Simões Vitule, UFPR

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2000), mestrado (2004) e doutorado (2008) em Zoologia pela Universidade Federal do Paraná. Atuando na área de Zoologia, Ecologia, Conservação e Manejo de Espécies Animais, com ênfase nos seguintes temas: ictiofauna, espécies introduzidas, controle de espécies invasoras, floresta atlântica, rio Iguaçu e Clarias gariepinus.

Hugo Bornatowski, Grupo de Pesquisa em Ictiofauna (GPIc)

Atualmente é colaborador do Grupo de Pesquisa em Ictiofauna (GPIc) do Museu de História Natural Capão da Imbuia (MHNCI). Mestre em Zoologia pela Universidade Federal do Paraná e estudante de doutorado. Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Biologia e ecologia de peixes, atuando principalmente com biologia e ecologia de elasmobrânquios.

Fagner Breda de Lara, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Possui graduação em Bacharelado em Biologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2008), atuando principalmente no seguinte tema: ecologia.

Glauco Ubiratan Kohler, Fundação Universidade Regional de Blumenau

Graduação em Ciências Biológicas pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2007).

Luciana Festti, UFPR

É Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Londrina (2007), com monografia sob o título: "Comunidade de aves do entre-marés em praias de Pontal do Sul, PR.", e licenciada Em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Londrina (2006). Atualmente é mestranda do curso Ecologia e Conservação na Universidade Federal do Paraná (UFPR) e desenvolve seu projeto de mestrado intitulado "Aves do ambiente praial: atividade alimentar e ocupação do espaço em relação à disponibilidade alimentar em praias oceânicas e estuarinas" junto aos laboratórios de Ecologia de Praias Arenosas e de Ornitologia (Centro de Estudos do Mar UFPR).

Wanessa Priscila David do Carmo, UFPR

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Londrina (2008 - Bolsista CNPQ/CAPES). Desenvolve a dissertação de mestrado intitulada "Reprodução e alimentação da raia-viola Rhinobatos percellens no estuário de Paranaguá, Paraná, Brasil" na Universidade Federal do Paraná, com início em 2009 (bolsista Fundação Araucária). Tem experiência na área de Zoologia (ênfase em Zoologia, Sistemática e Taxonomia) Ecologia, Biologia Reprodutiva e Alimentar de Elasmobrânquios, Educação Ambiental, Ecoturismo, Trilha Ecológica, Mergulho (Scuba e Apnéia) e Vendas.

Igor Kintopp Ribeiro, Departamento de Ictiologia do Museu de Historia Natural do Capão da Imbuia

Graduado no Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas pela Faculdades Integradas do Brasil - UNIBRASIL . Biólogo associado no departamento de Ictiologia do Museu de Historia Natural do Capão da Imbuia MHNCI no Grupo de Pesquisas em Ictiologia GPIC.

Downloads

Publicado

2010-01-01

Edição

Seção

Artigos