Análise da compactação da cromatina de espermatozóides de galo (Gallus gallus) e determinação do seu período de armazenamento e distribuição na espermateca de galinhas.

Autores

  • Ana Carolina Nunes Rodrigues Universidade Federal de Uberlândia
  • Talles Franco Moura
  • Lucas Vilela Perroni Silva
  • Marcelo Emílio Beletti

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7925.2011v24n2p65

Palavras-chave:

Espermateca, Junção utero-vaginal, Galinha, Espermatozóide, Galo

Resumo

Os objetivos desse trabalho foram encontrar alterações na compactação da cromatina dos espermatozóides de galo durante o armazenamento dos mesmos na espermateca das galinhas, observar a duração do período de armazenamento e estimar a variação na quantidade de espermatozóides armazenados nos segmentos cranial, médio e caudal da região da espermateca durante o período estudado. Foram utilizadas 48 matrizes pesadas da linhagem Cobb Avian 48 com 36 semanas de idade. Foi coletado material da junção utero-vaginal das fêmeas por 23 dias após a cópula com os machos, sendo que a cada 4 dias, 6 fêmeas foram sacrificadas para confecção de lâminas histológicas da região da espermateca. Foram encontrados espermatozóides por toda a extensão das espermatecas, sendo que esses se concentravam no segmento médio da junção utero-vaginal. Não houve diferença estatística significativa na quantidade de espermatozóides presentes na espermateca no decorrer dos dias de experimento. Foram observadas grandes quantidades de células espermáticas até o 23º dia de coleta. Portanto, o período de armazenamento de espermatozóides em galinhas é de, no mínimo 23 dias.

Biografia do Autor

Talles Franco Moura

Graduação em Medicina Veterinária – Universidade de Uberaba

Lucas Vilela Perroni Silva

Graduação em Medicina Veterinária – Universidade de Uberaba

Marcelo Emílio Beletti

Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade Federal de Uberlândia

Downloads

Publicado

2011-03-29

Edição

Seção

Artigos