Composição e abundância de peixes da interface entre as águas abertas e bancos de macrófitas e sua dinâmica nos períodos de crepúsculos matutino e vespertino, no lago Catalão, Amazonas, Brasil.

Igor David da Costa, Ana Carolina Prado Valladares da Rocha, Mariana do Amaral Camara Lima, Jansen Alfredo Sampaio Zuanon

Resumo


O presente trabalho objetivou verificar a composição e abundância de peixes que realizam movimentos entre os bancos de macrófitas e as águas abertas durante os períodos dos crepúsculos matutino (CM) e vespertino (CV). As coletas foram realizadas no lago do Catalão, Amazonas, Brasil, com malhadeiras adjacentes a bancos de Paspalum repens. Foram coletados um total de 222 indivíduos e 37 espécies. 130 indivíduos no CM e 92 no CV, 80 indivíduos foram encontrados saindo no CM e 40 na direção de saída no CV. Auchenipterus nuchalis, Pellona castelnaeana, Triportheus angulatus e T. albus foram as espécies mais capturadas e concentradas no CM, sendo espécie Pimelodus blochii a mais abundantes no CV.


Palavras-chave


Migração; Macrófitas; Período do dia; Amazônia

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2011v24n2p97

Direitos autorais 2011 Igor David da Costa, Ana Carolina Prado Valladares da Rocha, Mariana do Amaral Camara Lima, Jansen Alfredo Sampaio Zuanon

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.