Topografia do cone medular do cachorro-do-mato (Cerdocyon thous Linnaeus, 1766): relato de caso

Luane Lopes Pinheiro, Ana Rita de Lima, Ana Carla Barros de Souza, Luiza Corrêa Pereira, Érika Renata Branco

Resumo


O cachorro-do-mato é o canídeo mais comum do continente sul-americano. De modo geral, tem sua dieta variada conforme a época do ano e a região habitada, o que permite a este uma ampla distribuição geográfica. Junto ao interesse na anatomia comparativa objetivou-se descrever a topografia do cone medular do cachorro-do-mato com intuito de oferecer informações que possam dar subsídios para a prática de anestesia epidural, cuja eficiência depende do conhecimento da anatomia desta região. Foi utilizado um exemplar, macho, adulto, proveniente da Mina de Bauxita - Paragominas-PA, o qual foi dissecado na região lombo-sacral. O cone medular do cachorro-do-mato apresentou base ao nível de L6 e ápice em S3, apresentando comprimento de 10,13cm. Concluímos que a região sacrococcígea é a mais indicada para a anestesia epidural, considerando que o exemplar em estudo apresentou nove vértebras lombares e quatro vértebras sacrais.


Palavras-chave


Anatomia; Medula espinhal; Cerdocyon thous

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2011v24n4p129

Direitos autorais 2011 Luane Lopes Pinheiro, Ana Rita de Lima, Ana Carla Barros de Souza, Luiza Corrêa Pereira, Érika Renata Branco

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.