Origem e distribuição do nervo isquiático em fetos de javalis (Sus scrofa scrofa)

Luciana Pedrosa Iglesias, Frederico Ozanam Carneiro e Silva, Thalita Rocha Brito

Resumo


Foram utilizados 22 javalis, obtidos do acervo do Laboratório de Pesquisa em Animais Silvestres (LAPAS) da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia (FAMEV-UFU), nos quais o objetivo foi analisar a origem e distribuição do nervo isquiático. A artéria aorta descendente torácica foi canulada para injeção no sentido crânio-caudal de formaldeído a 10%, e as peças mantidas submersas na referida solução por um período mínimo de 48 horas antes do início das dissecações. O nervo isquiático originou-se dos ramos ventrais dos nervos espinhais de L5 a S3 e emitiu ramos para os músculos glúteos médio e superficial, bíceps femoral, semimembranáceo, semitendíneo, piriforme, adutor e tensor da fáscia lata; o nervo cutâneo caudal da sura originou-se dos nervos isquiático ou fibular comum ou tibial.


Palavras-chave


Anatomia; Inervação; Plexo lombossacral; Suidae

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2011v24n4p141

Direitos autorais 2011 Luciana Pedrosa Iglesias, Frederico Ozanam Carneiro e Silva, Thalita Rocha Brito

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.