Morfologia comparativa do diafragma do sagui-de-tufo-branco e do sagui-de-cara-branca

Thais Borges Lessa

Resumo


Os saguis do gênero Callithrix possuem uma grande importância na área da pesquisa, não somente por sua ocorrência nos ecossistemas da América do Sul e América Central, mas também devido ao seu pequeno porte e facilidade no manejo. Objetivou-se caracterizar a ultraestrutura do diafragma de quatro animais adultos da espécie C. jacchus e quatro animais da espécie C. geoffroyi que vieram a óbito por causas naturais. Os diafragmas foram coletados, dissecados e fixados em formaldeído 10% e analisados através da microscopia eletrônica de varredura. Notou-se a presença de uma membrana externa de tecido conjuntivo, de fibras musculares cilíndricas dispostas em fileiras perpendiculares ao eixo longitudinal e agrupadas em fascículos. Em C. jacchus observou-se uma arquitetura descontínua e linear das fibras, obtendo-se uma contagem de sete e oito fascículos em machos e fêmeas, respectivamente. Em C. geoffroyi a fibra se apresentava de forma contínua, mas também linear, obtendo-se um total de nove e seis fascículos para o macho e a fêmea, respectivamente. A arquitetura das fibras musculares e a contagem de fascículos da face costal do diafragma sugerem divergências entre as espécies C. geoffroyi e C. jacchus e entre machos e fêmeas, intra e interespécies.

 


Palavras-chave


Anatomia veterinária; Diafragma; Microscopia eletrônica de varredura; Primatas; Sagui

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n1p119

Direitos autorais 2012 Thais Borges Lessa

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.