Morfologia do pericárdio do sagui-de-tufo-preto (Callithrix penicillata)

Luana Célia Stunitz da Silva, Camila Ercolini Barroso, Pedro Primo Bombonato

Resumo


Embora muitas das enfermidades que acometem os saguis já tenham sido descritas, ainda existe uma carência de informações de cunho anatômico deles. Nesse aspecto, objetivou-se descrever a morfologia histológica e ultraestrutural do pericárdio do sagui-de-tufo-preto (Callithrix penicillata) utilizando quatro espécimes adultos, procedentes de um criadouro de animais selvagens, que vieram a óbito por causas naturais. Inicialmente, realizou-se a dissecação para exposição e retirada do pericárdio em todos os primatas, o qual foi posteriormente remetido para processamento tanto para microscopia eletrônica de varredura como para microscopia óptica, com coloração de hematoxilina/eosina (HE) e tricrômio de Masson. Isso resultou na observação de uma camada única de células epiteliais, denominada de mesotélio, e a presença de prolongamentos celulares e poros. Pôde-se, então, concluir que o pericárdio do sagui-de-tufo-preto apresenta características microscópicas e ultraestruturais muito similares ao rato, camundongo e hamster dourado. Possui, entretanto, prolongamentos celulares ao invés de microvilosidades já descritas em outras espécies animais.

 

 


Palavras-chave


Anatomia veterinária; Coração; Primata; Sagui

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n1p131

Direitos autorais 2012 Luana Célia Stunitz da Silva, Camila Ercolini Barroso, Pedro Primo Bombonato

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.