Seleção de rizóbios para o Trifolium repens em condições de solo alagado

Jonatas Bredow Alves, Enilson Luiz Saccol Sá, Aleksander Westphal Muniz

Resumo


O estado do Rio Grande do Sul possui cerca de 5,4 milhões de hectares várzeas. A implantação de leguminosas forrageiras de inverno como trevo branco é uma ótima alternativa para aumentar a produtividade destas áreas por meio da fixação biológica de nitrogênio (FBN). Esse benefício pode ser obtido com associação da leguminosa a estirpes de rizóbio que fixem o nitrogênio de forma eficiente nessas condições. O objetivo do trabalho foi selecionar rizóbios eficientes na FBN para trevo branco, e avaliar a tolerância dessa simbiose em condições de alagamento do solo. Para isso, foi realizado um experimento em casa de vegetação em vasos com solo utilizando 14 isolados. Cada tratamento foi mantido sob duas condições de umidade do solo, com alagamento e próxima à capacidade de campo. O alagamento do solo reduziu a nodulação, a produção de matéria seca e o acúmulo de nitrogênio na parte aérea das plantas inoculadas com rizóbio. O efeito do alagamento do solo na FBN variou de acordo com o isolado avaliado. Os isolados CVII, P3 4, T4 e VP 16 apresentaram alta eficiência de fixação do nitrogênio em condições de alagamento do solo e superaram o tratamento controle com adição de nitrogênio mineral.



Palavras-chave


Estresse hídrico; Fixação biológica de nitrogênio; Rhizobium; Trevo Branco

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n1p39

Direitos autorais 2012 Jonatas Bredow Alves, Enilson Luiz Saccol Sá, Aleksander Westphal Muniz

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.