Análise microbiológica do útero e da vagina em cutias nulíparas e não-nulíparas (Dasyprocta azarae)

Leandro Luis Martins, Fabrício Singaretti Oliveira, Márcia Rita Fernandes Machado, Renato Pariz Maluta, Fernando Antonio de Ávila

Resumo


Os órgãos genitais dos animais domésticos geralmente são colonizados por diversos microrganismos. O objetivo deste trabalho é descrever a microbiota do útero e da vagina em cutias nulíparas e não nulíparas, pertencentes ao Zoológico Municipal de Catanduva –SP. Durante ovariossalpingohisterectomia, colheu-se material para a análise microbiológica mediante a introdução de swabs estéreis na vagina e em cada corno uterino. Observou-se presença de Proteus sp. no material uterino de apenas um dos animais. No material vaginal de todos os animais constatou-se a presença de várias bactérias (Proteus sp., Escherichia coli, Citrobacter sp., Pseudomonas sp. e Staphylococcus sp.) e leveduras. A microbiota vaginal e uterina de cutias apresenta padrão de colonização diferente daquela observada em outros animais domésticos, na mulher e na rata.

 


Palavras-chave


Lagomorfo; Microbiota; Roedor; Trato reprodutivo

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n4p181

Direitos autorais 2012 Leandro Luis Martins, Fabrício Singaretti Oliveira, Márcia Rita Fernandes Machado, Renato Pariz Maluta, Fernando Antonio de Ávila

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.