Anatomia foliar de Copaifera langsdorffii Desf. (Leguminosae): interpretações ecológicas em diferentes condições edáficas de Cerrado

João Carlos Ferreira de Melo Júnior, Cleusa Bona, Gregorio Ceccantini

Resumo


Copaifera langsdorffii Desf. (Caesalpinioideae, Leguminosae) é uma espécie arbórea de ampla distribuição no Brasil, conhecida como copaíba. O presente trabalho objetiva discutir, numa perspectiva ecológica, alterações estruturais foliares em populações de copaíba em três substratos distintos no Cerrado: neossolo flúvico em margem de rio, afloramento arenítico e latossolo vermelho em campo cerrado. Atributos foliares qualitativos e quantitativos foram observados por meio de preparações histológicas permanentes. Diferenças estatisticamente significativas foram verificadas em todos os parâmetros ecológicos analisados, como área específica foliar, espessura de tecidos e densidade estomática. A presença mais acentuada de características escleromórficas foi constatada nas plantas de arenito e neossolo flúvico, embora o latossolo também seja pobre em bases trocáveis. As alterações estruturais encontradas sejam o resultado da combinação de fatores edáficos, hídricos, microclimáticos e da interação planta/herbívoros existente em cada substrato, porém percebe-se claramente que houve prevalência dos fatores nutricionais do solo em detrimento da disponibilidade de água.

 

 




Palavras-chave


Cerrado; Copaifera; Esclerofilia; Morfologia funcional

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n4p29

Direitos autorais 2012 João Carlos Ferreira de Melo Júnior, Cleusa Bona, Gregorio Ceccantini

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.