Estrutura de um fragmento de Floresta Atlântica em regeneração com ocorrência de Caesalpinia echinata Lam. (pau-brasil)

Liliane Baldan Zani, Valderes Bento Sarnaglia Junior, José Manoel Lúcio Gomes, Luciana Dias Thomaz

Resumo


Este trabalho teve por objetivo analisar a estrutura fitossociológica de um fragmento remanescente de Floresta Atlântica em regeneração no município de Aracruz-ES em uma floresta de tabuleiro com ocorrência natural de Caesalpinia echinata Lam. Foram instaladas 10 unidades amostrais (parcelas) de 10 x 50m sendo amostrados todos os indivíduos com DAP≥5cm e <10cm. Ao todo foram amostrados 500 indivíduos distribuídos em 181 espécies. As famílias com maior riqueza foram Leguminosae (35), Sapotaceae (18) e Myrtaceae (14). As espécies mais importantes foram Caesalpinia echinata Lam., Eugenia tinguyensis Cambess. e Pterocarpus rohrii Vahl. O índice de Shannon (H’) foi de 4,89 e a equabilidade (J’) foi de 0,94. Essa área é um dos últimos fragmentos remanescentes com pau-brasil nativo do estado do Espírito Santo e a população dessa espécie encontra-se bem preservada no local, ocorrendo com grande frequência, enfatizando a importância da preservação de pequenos fragmentos florestais para conservação da biodiversidade.




Palavras-chave


Espírito Santo; Fitossociologia; Floresta de tabuleiro; Pau-brasil

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n4p75

Direitos autorais 2012 Liliane Baldan Zani, Valderes Bento Sarnaglia Junior, José Manoel Lúcio Gomes, Luciana Dias Thomaz

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.