Estrutura diamétrica da vegetação arbustivo-arbórea no entorno de nascentes da bacia hidrográfica do rio Piauitinga, Salgado – SE, Brasil

Diogo Gallo Oliveira, Robério Anastácio Ferreira, Anabel Aparecida Mello, Ednei Santos Almeida

Resumo


Este estudo foi realizado com o propósito de analisar a estrutura diamétrica da vegetação ciliar em nascentes da bacia hidrográfica do rio Piauitinga, localizadas no município de Salgado-SE. Foram analisadas 14 nascentes, mediante classificação quanto ao estado de conservação e ao tipo de reservatório, sendo divididas em 4 categorias: 1 preservada pontual (PrP), 1 perturbada pontual (PP), 6 degradadas pontuais (DP) e 6 degradadas difusas (DD). O levantamento foi realizado por meio de censo populacional da vegetação em um raio de 50 m no entorno das nascentes, equivalente a 0,79 ha, onde foram registrados todos os indivíduos arbustivo-arbóreos vivos com diâmetro à altura do peito (DAP) ≥ 5,0 cm. Os indivíduos foram distribuídos em classes diamétricas, com intervalos de 2,5 cm. A nascente preservada pontual e a perturbada pontual apresentaram estrutura diamétrica característica de florestas inequiâneas, com a forma de “J invertido”. As nascentes degradadas difusas e pontuais não apresentaram o padrão de “J invertido”, com exceção da DD2, talvez reflexo do maior número de indivíduos nessa nascente. As intensas perturbações geradas na área das nascentes, que atualmente se encontram degradadas, promoveram o empobrecimento da regeneração natural e, consequentemente, prejudicou o recrutamento de indivíduos nas classes iniciais de diâmetro.




Palavras-chave


Conservação de nascentes; Fitossociologia; Vegetação ciliar

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n2p19

Direitos autorais 2013 Diogo Gallo Oliveira, Robério Anastácio Ferreira, Anabel Aparecida Mello, Ednei Santos Almeida

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.