Plano de manejo comunitário de jacarés na várzea do baixo rio Amazonas,Santarém – PA, Brasil

RAFAEL SÁ LEITÃO BARBOZA, GEORGE HENRIQUE REBÊLO, Juarez Carlos Brito Pezzuti, Roberta Sá Leitão Barboza

Resumo


As iniciativas de organização comunitária na várzea do baixo Amazonas apoiadas por acordos de pesca e planos de uso foram elaboradas para o ordenamento do uso dos recursos associados à melhoria da qualidade de vida local. Após diagnóstico participativo envolvendo pesquisadores, extensionistas e comunitários da várzea foram identificadas demandas locais para manejo de fauna na região. Contudo, foram iniciadas atividades com a capacitação de moradores para a realização de contagem de jacarés em 14 comunidades na região do Tapará e Aritapera, com aulas sobre biologia e ecologia de jacarés e manejo de fauna na natureza. Como resultado, foi elaborado, na comunidade Água Preta, um plano de manejo informal de base comunitária para controle e produção de jacarés. O projeto foi elaborado fora de unidade de conservação de uso sustentável, sujeito às normas de outras unidades territoriais de manejo, apoiado em sistemas de co-manejo previamente existentes, porém, com grandes empecilhos para ser implementado.




Palavras-chave


Amazônia; Jacarés; Manejo comunitário; Várzea

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n2p215

Direitos autorais 2013 RAFAEL SÁ LEITÃO BARBOZA, GEORGE HENRIQUE REBÊLO, Juarez Carlos Brito Pezzuti, Roberta Sá Leitão Barboza

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.