Dieta de Callithrix penicillata (E. Geoffroy, 1812) (Primates, Callitrichidae) introduzidos na Ilha de Santa Catarina

Luciana Zago da Silva, João Marcelo Deliberador Miranda, Cássio Daltrini Neto, Cristina Valéria Santos, Fernando Camargo Passos

Resumo


Espécies do gênero Callithrix foram introduzidas em diferentes regiões do Brasil e suas adaptações alimentares podem ser fatores que possibilitam seus estabelecimentos nesses ambientes. Este estudo objetiva determinar atividades alimentares e recursos vegetais utilizados na dieta de Callithrix penicillata introduzidos em um fragmento florestal urbano na Ilha de Santa Catarina. No Parque Ecológico do Córrego Grande (PECG) foram monitorados três grupos de C. penicillata em duas fases de seis meses. Os itens alimentares consumidos foram registrados em amostragens mensais de um dia para dois grupos e dois dias para outro grupo. Para o grupo amostrado por dois dias mensais também foram registradas as atividades alimentares. A atividade predominante foi Presa Animal com 70% dos registros, seguida por Exsudato, com 16%, Fruto, com 8% e Suplementar, com 5%. A família Fabaceae foi mais expressiva para exploração de Exsudato e Myrtaceae, para Fruto. Os resultados encontrados são semelhantes aos de distribuições originais de Callithrix. Dentre essas semelhanças foram encontradas espécies vegetais registradas em suas dietas. A disponibilidade desses vegetais associada à preferência de C. penicillata por hábitats fragmentados e a disponibilidade de alimentos fornecidos por seres humanos são fatores que parecem possibilitar o estabelecimento dessa espécie no PECG. 




Palavras-chave


Fragmento florestal urbano; Ilha de Santa Catarina; Mico-estrela

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n2p227

Direitos autorais 2013 Luciana Zago da Silva, João Marcelo Deliberador Miranda, Cássio Daltrini Neto, Cristina Valéria Santos, Fernando Camargo Passos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.