Influência dos fatores ambientais sobre a distribuição da comunidade de invertebrados bentônicos em canais de uma planície de inundação neotropomunidade de invertebrados bentônicos em canais secundários e principal de uma planície de inundação neotropical

Danielle Katharine Petsch, Gisele Daiane Pinha, Flávio Henrique Ragonha, Alice Michiyo Takeda

Resumo


Um dos temas centrais em ecologia é a importância relativa dos processos locais e regionais na determinação da estrutura de comunidades, pois ambos os processos podem agir como filtros na composição das comunidades locais. Nesse sentido, este estudo analisou a influência dos fatores ambientais sobre a distribuição da comunidade de invertebrados bentônicos em diferentes canais da planície de inundação do alto rio Paraná, por meio de coletas trimestrais realizadas de março a dezembro de 2010. A partir de dados bióticos e abióticos foi realizada Análise de Correspondência Canônica, onde foi possível agrupar os centros dos rios Ivinhema e Paraná e o canal Ipoitã em relação aos demais pontos, principalmente pelos maiores valores de profundidade e velocidade e pelos táxons típicos de ambientes lóticos, como Harpacticoida, Haplotaxidae e Narapidae, e o centro do canal Curutuba, com L. fortunei. Pode-se concluir que a velocidade de fluxo, a textura granulométrica e matéria orgânica do sedimento foram fatores estruturadores da comunidade bentônica, determinando a distribuição dos invertebrados tanto entre os diferentes canais como entre as regiões marginais e centrais desses ambientes, proporcionando maior ou menor disponibilidade de recursos e heterogeneidade ambiental.

 


Palavras-chave


Ambientes lóticos; Textura granulométrica; Variação espacial

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n3p127

Direitos autorais 2013 Danielle Katharine Petsch, Gisele Daiane Pinha, Flávio Henrique Ragonha, Alice Michiyo Takeda

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.