Effects of soil, altitude, rainfall, and distance on the floristic similarity of Atlantic Forest fragments in the east-Northeast

José Lima Rosa Neto, Ulysses Gomes Cortez Lopes, Flávia Barros Prado Moura

Resumo


Efeitos de solo, altitude, precipitação e distância sobre a similaridade florística de fragmentos de Mata Atlântica no Nordeste oriental. Este artigo apresenta os resultados de um levantamento florístico realizado em um fragmento de Mata Atlântica no estado de Alagoas. Além disso, os resultados de uma análise de similaridade entre dez fragmentos de floresta tropical do Nordeste oriental brasileiro são apresentados. A comparação florística foi baseada em dados binários em relação ao critério de presença/ausência para espécies de árvores identificadas nos dez fragmentos por meio do índice de similaridade de Sørensen. Um dendograma foi elaborado utilizando análise de agrupamento (índice de Jaccard) e análise de correspondência canônica (ACC) para testar os fatores abióticos, que podem influenciar de forma diferente a similaridade dos fragmentos. Os fragmentos apresentaram índices de similaridade baixa. As variações deveram-se ao fato de cada fragmento ser um pedaço do que uma vez foi uma região contínua e heterogênea. No entanto, a perda de diversidade, incluindo o desaparecimento de espécies mais exigentes, pode levar, em grande escala, à homogeneidade e simplificação da Mata Atlântica nordestina.


Palavras-chave


Fragmentação; Homogeneização; Perda de biodiversidade; Redução de hábitat

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n3p91

Direitos autorais 2013 José Lima Rosa Neto, Ulysses Gomes Cortez Lopes, Flávia Barros Prado Moura

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.